CONTRIBUA COM NOSSAS AÇÕES... ENTIDADE PARCEIRA REDE MANDACARU BRASIL

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

OFICINA /MESA NA CIENTEC/UFRN 2015 APROVAMOS Título: 10.639/03 e 11.645/08 um desafio étnico racial reafirmando o compromisso com a formação na educação.

OFICINA /MESA NA CIENTEC/UFRN 2015
APROVAMOS

Título:   10.639/03 e 11.645/08 um desafio étnico racial reafirmando o compromisso com a formação na educação.


Status: SUBMETIDO/APROVADO

Resumo:             Elencando o processo formativo por meio da formação “Educação, Relações étnicos Raciais e Direitos Humanos” – a promoção de uma roda de conversa aberta e pública sobre os 12 anos da lei 10.639 de 2003 e 11.645/08, que instituiu a obrigatoriedade do ensino de História da África e dos/as africanos/as bem como da História e saberes e valores dos povos indígenas no currículo escolar do ensino fundamental e médio e como não nas IES (instituições de ensino superior), públicas e privadas de todo o Brasil. Reconhecendo as leis como grandes avanços para o processo de democratização do ensino, evidenciando assim a sua força simbólica para organizações que lutam pela valorização e respeito às pessoas negras, indígenas e populações étnicas e toda a sua história. “Nós do movimento negro,movimento social e de luta,  povos Tradicionais de Matriz Africana e das diversas frentes de luta reafirmando o compromisso e reparação necessária que a de se construir ainda, vamos repetir por muito tempo: a lei 10.639/03 e 11.645/08 são símbolos dos vários resultados e lutas e reafirmações políticas necessárias de uma luta, ainda parcial, mas de uma luta de muitas gerações que passaram um século insistindo que os brasileiros conheçam a cultura os saberes e fazeres dos africanos e afro-brasileiros e indígenas, ciganos e de todas as etnias e povos tradicionais no Brasil. Não podemos nos esquecer, uma forma de desvalorizar é desconhecer.
Bibliografia/Referências:
- REFERÊNCIAS:

- ASSUNÇÃO, Luiz C. de. Umbanda e sociedade: um estudo sobre práticas, representações e identidades. Relatório de pesquisa. Natal: UFRN. 2002.

- BASTIDE, Roger. Estudos Afro-brasileiras. São Paulo: Perspectiva, 1973.

- BOURDIEU, Pierre. A Identidade e a Representação: Elementos para uma Reflexão Crítica sobre a Idéia de Região. In: _________. O Poder Simbólico. Tradução de Fernando Tomaz. Rio de Janeiro:  Bertrand Brasil, 2000. p. 107-132.
- BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1988. Disponível em: <http://www.senado.gov.br/sf/legislacao/const/>.

- CAPRANZANO, Vicent. Estilos de Interpretação e a Retórica de Categorias Sociais. In: MAGGIE, Yvonne e REZENDE, Cláudia Barcellos (org.). Raça como Retórica: A Construção da Diferença. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001, p. 443-458.

- Dicionário de português Beniste, Jose; Beniste, Jose / BERTRAND BRASIL, 2011.

- Do Carmo, Joao Clodomiro editora brasiliense, 1987 – SP/SP

- Madrina, Moça. Entrevista sobre dança. Entrevistador: Josimar rocha Fernandes do vale dourado, 2013.

- DURKHEIM, Émile. As formas elementares da vida religiosa. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003. (Introdução, Cap. I do Livro I e Conclusão).

- GILROY, Paul. “Uma História para não se Passar Adiante”: A Memória Viva e o Sublime Escravo. In: _________. O Atlântico Negro. Tradução de Cid Knipel Moreira. São Paulo: Editora 34/UCAM, 2001, p. 351-416.

GOFFMAN, Erving. Estigma: Notas sobre a Manipulação da Identidade Deteriorada . Tradução de Márcia Bandeira de M. L. Nunes. Rio de janeiro: Zahar, 1978.

- Lei Caó: Lei nº 7.716, de 05 de janeiro de 1989.

_______. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF, 20dez. 1996. (Conhecida como Lei de Diretrizes e Bases da Educaçã – LDB).

_______. Lei nº 10639, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, paraincluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro- Brasileira”, e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF, 9 jan. 2003. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/L10639.htm>.

_______. Ministério da Educação. Diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações Etnicorraciais e para o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana. Brasília: MEC, [s.d.]. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/>.

 _______. Ministério da Educação. Grupo de Trabalho Interministerial. Contribuições para a Implementação da Lei 10639/2003: Proposta de Plano Nacional de Implementação das Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação das Relações Etnicorraciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana – Lei 10639/2003. Brasília, 2008. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/contribuicoes.pdf.

_______. Orientações e Ações para a Educação das Relações Etnicorraciais. Brasília:MEC/Secadi, 2006.

_______. O Plano de Desenvolvimento da Educação: razões, princípios e
programas. Brasília: MEC, 2007. Disponível em: <http ://portal.mec.gov.br/>.

_______. Resolução n. 1, de 17 de junho de 2004. Brasília: MEC, 2004. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/res012004.pdf>.

_______. Secretaria de Educação Continuada Alfabetização e Diversidade. Balanço da ação do MEC para a implementação da Lei 10639/03, Brasília, 2008. Brasília: MEC/ Secad, 2008.

- Injúria Racial: Lei nº 9.459, de 13 de maio de 1997

- Lei n° 12.288/2010. Em 20 de julho de 2010 foi sancionado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Estatuto da Igualdade Racial.

- Lei no 10.639, de 9 de janeiro de 2003.

- Matriz curricular do Curso: 101920 Ciência da religião – Licenciatura/universidade do estado do RN”.

- MRE – MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES. A palavra do Brasil nas Nações Unidas: 1946-1995. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão e Ministério das Relações Exteriores, 1995. p. 212-213.

______. Mundo afora. Brasília: Departamento Cultural, nov. 2011. p. 4.

______.; MJ – MINISTÉRIO DA JUSTIÇA. Décimo relatório periódico relativo convenção internacional sobre a eliminação de todas as formas de discriminação racial. Brasília: FUNAG, 1996. p. 8.

- NASCIMENTO, A. Projeto de Lei no 3.196 de 1984. Disponível em: <http://
 www.abdias.com.br/atuacao_parlamentar/deputado_lei.htm>. Acesso em: 17
maio 2012.

- SANTIAGO, Sérgio. O ritual umbandista. Natal: Fundação José Augusto, 1973.

- IPEA. Desigualdades raciais, racismo e políticas públicas: 120 anos após a abolição. Brasília: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, 2008.

- SANSONE, Lívio. Negritude sem Etnicidade: O Local e o Global nas Relações Raciais e na Produção Cultural Negra do Brasil. Salvador: Edufba; Pallas, 2003. 335 p.
- Fonte: http://cchla.ufrn.br/mapeamentodosterreirosdenatal: acesso 14 de setembro de 2013.



WEBER, Max. “Relações comunitárias étnicas”. In: _________. Economia e Sociedade. Tradução de Regis Barbosa e Karen Elsabe Barbosa. v 1. Brasília: Editora da UNB, 2000, p. 267-277.
            .

Área do Trabalho:           EDUCAÇÃO
               
Dados do Responsável, Orientador ou Coordenador:
MINISTRANTE   JOSIMAR DA ROCHA FERNANDES
Dados dos Participantes, Primeiro Autor, Orientador ou Coordenador
1 º participante                AUTOR:
                JOSIMAR DA ROCHA FERNANDES  -“EDUCADOR ESPECIALISTA” COM MESTRADO E DOUTORADO EM EDUCAÇÃO E DIVERSIDADES EM PROCESSO DE REVALIDA.
BACHAREL EM FILOSOFIA
BACHAREL EM TEOLOGIA
CURSO DE SERVIÇO SOCIAL EM CONVALIDAÇÃO
FORMAÇÃO EM CONTABILIDADE COM REGISTRO NO CONSELHO FEDERAL BRASIL – CRCF
LICENCIADO EM CIÊNCIAS DA RELIGIAO
ESPECIALISTA EM AFRICANIDADES E EDUCAÇÃO ETNICO RACIAL – UNIAFRO/MEC SECADI
CURSO DE APERFEICOAMENTO EM EDUCAÇÃO QUILOMBOLA  UFERSA/MEC SECADI
ESPECIALIZADO EM MISSIOLOGIA AFRICANA PUC/INSTITUTO BOA NOVA MISSOES PONTIFICIAS E PONTIFICIAS OBRAS – POM
APERFEIÇOADO EM POLITICAS PUBLICAS

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RADIO MANDACARU BRASIL RESISTENCIA NORDESTINA